Premio Premio Premio Premio Premio
Marqués de Cáceres Crianza 2016

Marqués de Cáceres Crianza 2016

Oferta encerrada em 28/09/2020. Caso queira consultar a disponibilidade desse produto clique aqui

tinto

Tipo

tinto

Espanha

País

Espanha

Safra

Safra

2016

Teor Alcóolico

Teor

13.5%

“Mais de quatro décadas com uma única obsessão: a qualidade!” – Marqués de Cáceres

A história de Enrique Forner no mundo do vinho remete à sua infância, quando, em 1920, seu pai e seu avô fundaram a Vinícola Forner. A Guerra Civil Espanhola fez com que buscasse exílio na França, onde viveu todo o conturbado período da Segunda Guerra Mundial. Finalmente os tempos de paz chegaram e em 1952 Henrique criou negócios vitivinícolas no Loire e no Rhône, culminando com a compra de dois Chateaux Grand Cru Classé em Bordeaux em 1963. Finalmente, em 1968, decide retornar à Espanha e em 1970 funda a Marqués de Cáceres.

Nestes 50 anos, a empresa se tornou uma das principais vinícolas da Espanha, sendo referência na DOCa Rioja. Seus vinhos acumulam premiações e elogios da crítica especializada internacional e são cultuados tanto no mercado interno quanto no externo.

O Marqués de Cáceres Crianza 2016 é um assemblage onde a Tempranillo domina o corte com 90%. Os 10% restantes ficam a cargo da Garnacha Tinta e da Graciano. As uvas, colhidas manualmente, são provenientes de uma seleção de pequenas parcelas de vinhedos localizados em solos predominantemente argilosos-calcários em Rioja Alta e Rioja Alvessa.

A fermentação alcoólica é realizada em tanques de aço inoxidável com temperatura controlada e leveduras selecionadas. Então, para a realização da malolática, um quarto do vinho é colocado em barricas novas de carvalho francês (60%) e americano (40%) e três quartos permanecem nos tanques de inox. Ao término da FML, o vinho que estava nos tanques é transferido para barricas de carvalho francês e americano (nas mesmas porcentagens 60-40), sendo um quarto em barricas de segundo e terceiro usos e dois quartos em barricas de quarto ou mais usos. Nessas barricas, o vinho amadurece por 12 meses, e então é engarrafado e descansa em cave por mais 12 meses antes de ser liberado ao mercado.

O Marqués de Cáceres Crianza geralmente tem um bom desempenho em concursos e reviews, mas esta safra 2016 – uma das melhores desta década – acumula reconhecimentos: em 2019, cravou 93 pontos na publicação inglesa Decanter, uma das mais importantes do planeta, e 91 pontos pelo respeitado crítico americano James Suckling. Neste ano, levou teve boas notas em dois guias espanhóis, com 92 pontos no Guía Proensa e 90 pontos no Guía Gourmets. Os mesmos 90 pontos também foram alcançados na Wine Enthusiast, na Vinous e pelo Master of Wine Tim Atkin, que o classificou com “ultra-confiável”. Já na Wine Spectator, não alcançou os 90 pontos, ficando em 89 – porém chama a atenção uma informação ao seu ótimo potencial de guarda: “pode ser bebido agora até 2032”.

ler mais

Marqués de Cáceres Crianza 2016

Baixar Baixar ficha técnica

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Baixar

Tipo

tinto

Baixar

Safra

2016

Baixar

Teor Alcóolico

13.5%

Baixar

País

Espanha

Baixar

Região

D. O. Calificada Rioja

Baixar

Vinícola

Marqués de Cáceres

Baixar

Temperatura de Serviço

16°C a 18°C

Baixar

Guarda

até 2029

Baixar

Decanter

30 - 45 minutos

Baixar

Maturação

estagiou em barricas de carvalho francês (60% do vinho) e americano (40% do vinho) de 1º a 4º usos por 12 meses

Baixar

Castas

90% Tempranillo, 10% Garnacha Tinta e Graciano

Baixar

Premiações

93 Decanter | 92 Guía Proensa | 91 James Suckling | 90 Wine Enthusiast | 90 Guía Gourmets | 90 Vinous | 90 Tim Atkin

Vedante

Natural

Natural

Aglomerada

Aglomerada

Twin Top

Twin Top

Silicone

Silicone

Screw Cap

Screw Cap

Champagne

Champagne

Taça

Bordeaux

Bordeaux

Borgonha

Borgonha

Montrachet

Montrachet

Riesling

Riesling

Flute

Flute

Dessert

Dessert

Análise sensorial

Análise visual
Análise visual
Descrição
vermelho rubi profundo e brilhante
Análise olfativa
Análise olfativa
Intensidade
Baixa

Alta
Evolução
Primário

Terciário
Descrição
frutas vermelhas e negras maduras (morango, cereja e ameixa), especiarias doces (baunilha e alcaçuz), tabaco, chocolate amargo, figo seco e notas defumadas
Análise gustativa
Análise gustativa
Doçura
Seco

Doce
Intensidade
Baixa

Alta
Acidez
Baixa

Alta
Tanino
Baixa

Alta
Corpo
Leve

Encorpado
Persistência
Curta

Longa
Descrição
impecável estrutura, formada pelo equilíbrio entre taninos firmes e presentes e uma acidez direta e extremamente salivante
Culinária Culinária
CarnesCarnes

Cordeiro

Gado

Caça

Curada
AmidosAmidos

Massas

Tubérculos
Descrição
tapas espanhóis, queijos de maturação média, bruschettas de brie e jamón, talharim ao sugo, torta de batatas, costela de cordeiro na brasa, pato confitado

VEJA TAMBÉM A OFERTA DA SEMANA

Felino

Malbec 2019

A Viña Cobos é uma das mais prestigiadas vinícolas argentinas!

Tudo começou em 1988, quando um dos mais respeitados enólogos do mundo visitou Mendoza e apaixonou-se pelo local. Seu nome? Paul Hobbs!

Onze anos depois Paul Hobbs teve sua primeira colheita e começou a vinificar as uvas Malbec que viriam fazer sucesso internacionalmente. Anos se passaram e com eles seus vinhos foram acumulando premiações. Porém, podemos dizer que a empresa cravou seu nome na história da vitivinicultura argentina em 2014, quando o famoso crítico norte-americano James Suckling atribuiu nota máxima ao Cobos Malbec 2011, o primeiro vinho argentino a ser classificado com 100 pontos.

A Cobos é reconhecida por entregar um altíssimo nível de qualidade seja qual for a linha de vinhos. A Felino, que trazemos hoje, é sua linha de entrada e sua qualidade realmente impressiona, fazendo os enófilos imaginarem o quanto espetacular podem ser as linhas superiores.

O Felino Malbec 2019 tem em seu currículo expressivos 93 pontos tanto pelo Master of Wine Tim Atkin como por James Suckling. No app Vivino também faz sucesso entre os enófilos avaliadores, com uma ótima média 4.1.

É elaborado exclusivamente com a variedade Malbec, cujas uvas são provenientes de vinhedos localizados em distintos terroirs: Luján de Cuyo e Tupungato, Tunuyán e San Carlos, no Valle de Uco. A fermentação alcoólica é tradicional, em tanques de aço inoxidável com temperatura controlada e leveduras selecionadas. A malolática é espontânea e então o vinho é colocado em barricas de carvalho americano, sendo 10% novos, onde amadurece por 8 meses.

Na taça o olfato se mostra com boa intensidade e qualidade, com as frutas vermelhas maceradas (framboesa) e negras maduras (amora e mirtilo) em primeiro plano, sendo completadas por notas florais (violetas), de especiarias doces, cravo e noz-moscada, finalizando com um gostoso toque mineral de grafite. Em boca a carga de frutas vermelhas e negras se confirma; a estrutura é harmoniosa, formada pelo equilíbrio entre taninos polidos e redondos e uma acidez fresca e salivante.

Resumindo: um Malbec de peso e respeito, que carrega consigo todo o conceito e o know-how de uma das melhores vinícolas argentinas sob o comando de um dos mais respeitados enólogos do mundo. São apenas 240 garrafas disponíveis – garanta logo a sua ;)

Leia mais
Apenas R$ 119,90

Cadastre seu e-mail e receba descontos e promoções

Fechar
VinumDay

Seja bem-vindo

Você ganhou R$20 de desconto em sua primeira compra.

Deixe seu e-mail para receber o cupom.